quarta-feira, 11 de julho de 2018

Depois de criticar Alemanha, Trump muda de tom durante encontro com Merkel

Primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, ouve o discurso de Donald Trump, durante coletiva de imprensa conjunta na Casa Branca
.
Sputnik News - 11/07/2018

mericano alertou que a dependência alemã da energia russa deixou o país "sob o controle" de Moscou.
Na sequência, Merkel se referiu à sua juventude na Alemanha Oriental, controlada pelos soviéticos, para insistir que Berlim é agora é completamente soberano.
"Estamos tendo uma grande reunião, estamos discutindo gastos militares… falando sobre comércio", disse Trump aos repórteres autorizados a entrar na sala de reuniões.
"Temos um relacionamento muito bom com a chanceler, temos um tremendo relacionamento com a Alemanha", acrescentou, e disse ter suscitado preocupações de Washington com o novo gasoduto entre os dois países, em fase de projeto, Nord Stream 2.
Merkel, falando através de um intérprete, disse que a reunião foi uma oportunidade para avalia o "futuro de nossas relações comerciais".
A chanceler alemã disse ser muito importante realizar conversas do gênero com Trump porque "somos parceiros, somos bons parceiros e queremos continuar cooperando no futuro".


Postar um comentário