quarta-feira, 25 de abril de 2018

Deputados, sobre juíza barrar visita à PF: Viola Constituição e prerrogativas do Legislativo; veja vídeo

VIOMUNDO - 24 de abril de 2018 às 23h18

Juíza desrespeita prerrogativas do Legislativo de visita à PF
Deputados Paulo Pimenta, Paulo Teixeira e Wadih Damous, que integram Comissão Externa da Câmara para visitar PF, foram barrados por juíza
Os deputados federais Paulo Pimenta (PT-RS), Paulo Teixeira (PT-SP) e Wadih Damous (PT-RJ), integrantes da Comissão Externa da Câmara designada para fazer uma visita de inspeção na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, tiveram sua entrada no prédio barrada pela juíza Carolina Moura Lebbos.

terça-feira, 24 de abril de 2018

Presidente da Colômbia pede o fim da guerra às drogas

Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos
.
Sputnik Brasil - 24/04/2018

Discursando em uma conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira (24), o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, pediu a mudança da atual política de drogas.
O mandatário colombiano já havia havia feito discurso contra a guerra às drogas durante seu pronunciamento durante a Assembleia Geral da ONU em 2017. Nesta terça-feira (24) ele voltou à carga e afirmou: "temos que mudar a estratégia global para superar o problema das drogas"
Santos lembrou que "a guerra que o mundo declarou (…) contra às drogas há mais de 40 anos não foi vencida", e ressaltou que a estratégia baseada exclusivamente na proibição e na repressão "só gerou mais mortes, mais prisioneiros, mais organizações criminosas mais perigosas".

Nassif: Xadrez de Anastasia, o conseglieri do poderoso chefão

.
por Luis Nassif - no GGN - 24/04/2018 - 23:21

O filme “O Processo”, documentário da cineasta Maria Augusta Ramos, sobre o impeachment, tem dois personagens principais.
Um deles, falante, retórico, excepcional orador é o ex-Ministro José Eduardo Cardoso, sem o qual não teria sido possível nem o filme, nem o impeachment.
O outro, quieto, impassível, irredutível a qualquer argumento, o relator do pedido de admissibilidade da Comissão de Justiça do Senado, e principal artífice político do impeachment, Antonio Anastasia.
Agora, a mídia começou a dança ritual da autofagia, com Urano devorando seus filhos, no caso Aécio Neves. É uma falsa demonstração de isenção, porque inútil, sem riscos e em cima de um pato manco. Mas, ao mesmo tempo, é impressionante a revelação da estrutura de corrupção montada por Aécio, a maneira como atuou em todas as instâncias, em todos os campos, e com total desfaçatez. Desmente totalmente a visão de Aécio como o adolescente mimado, porque problemático, sendo conduzido pela mão. Era o chefão.

Ibope em SP: até lá Lula é líder. Alckmin afunda mais

POR  · 24/04/2018


ibopesp
.
O Ibope divulgou pesquisa, encomendada pela Rede Bandeirantes, sondando a intenção de votos dos paulistas para Governador e para Presidente.
Só há um ponto em que quaisquer análises vão coincidir: a situação de Geraldo Alckmin é desesperadora. Empatado com Bolsonaro, seis pontos atrás de Lula, que lidera com 20 pontos.
Sem Lula na disputa, melhora apenas um ponto. Portanto, nada e ainda fica atrás de Bolsonaro.

Seyed M. Marandi: O Irã retaliará. Desistam

23/4/2018, Seyed Mohammad Marandi,* Middle East Eye

Traduzido pelo Coletivo Vila Vudu

Postado por 

"A carga do homem branco"[1] – ou talvez, melhor dizendo, "o homem branco que nós carregamos" – foi, provavelmente, o jugo mais pesado de toda a história humana. Perguntado sobre o que pensava sobre a civilização ocidental, consta que Mahatma Gandhi teria respondido que "teria sido boa ideia".

Quando intelectuais ocidentais põem-se a criticar as políticas globais de seus próprios governos, a culpa é sempre descarregada sobre partidos políticos, líderes incapazes, estratégias falhadas, falta de financiamento, de armas ou de "vontade política". Mas avancemos um pouco mais, para considerar se o problema não é mais fundo, mais fundamental – ou se a construção "ocidental" do próprio conhecimento não é, ela mesma, eivada de inadequações as mais lastimáveis.

Poucos intelectuais hoje dominantes são preparados para considerar apenas, que fosse, a possibilidade de que as estruturas sociais ocidentais e a epistemologia de valores que lhes é subjacente sejam tão irremediavelmente falhadas, que convertem os regimes políticos ocidentais numa carga terrível a pesar sobre toda a existência humana.

Juca Kfouri - Entre vistas: Eugênio Aragão

 24 de abr de 2018

A casta jurídica e o risco a democracia brasileira

A batalha das idéias #12

24/04/2018


FERNANDO MORAIS ENTREVISTA MIGUEL NICOLELIS

Atual gestão da Eletrobras pagou quase R$ 2 milhões para que falassem mal da própria empresa

Por Diario do Centro do Mundo - 24 de abril de 2018

.
Texto publicado na Agência Sporlight.
POR LUCIO DE CASTRO
Tratada oficialmente como “desestatização” ou “democratização do capital”, a privatização da empresa, prioridade do governo de Michel Temer, recebeu um forte impulso em 20 de setembro de 2017, quando a estatal assinou com a RP Brasil Comunicações, do grupo FSB Comunicação, a maior assessoria de imprensa do país.
Objeto do contrato ECE-DJS 1252/2017, obtido pela reportagem via Lei de Acesso à Informação (LAI): “assessorar a Eletrobras na comunicação relativa ao projeto de acionista majoritário de desestatização da empresa”.

STF derruba decisão de Fachin de enviar delação da Odebrecht para Moro

Resultado de imagem para Sérgio Moro Sérgio Moro Sérgio Moro
.
por André Richter - Repórter da Agência Brasil - Publicado em 24/04/2018 - 16:49

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (24) derrubar a decisão individual do ministro Edson Fachin que determinou o envio de acusações de delatores da Odebrecht contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a 13ª Vara Federal em Curitiba, comandada pelo juiz federal Sérgio Moro.
De acordo com os delatores, entre eles Marcelo e Emílio Odebrecht, a empreiteira teria custeado despesas pessoais de Lula, como reformas em um sítio frequentado por sua família em Atibaia (SP), a compra do terreno para instalação do Instituto Lula em São Paulo e pagamentos por palestras realizadas pelo ex-presidente em eventos organizados pela empreiteira no exterior.

Prisão de Lula é devastadora para a Justissa!

Moro viu uma canela e teve ejaculação precoce de adolescente

no Conversa Afiada - 24/04/2018

Juiza.jpg
Carolina Moura Lebbos é a Juíza de três provas que debocha de um Prêmio Nobel!
Conversa Afiada reproduz devastador artigo de Fernando Horta:

Como se enxugasse gelo


Há dezesseis dias, Lula é um preso político do Estado de exceção que tomou o Brasil.

O resultado prático desta prisão, contudo, não foi bem avaliada nem pelo judiciário, nem pelos opositores políticos de Lula. O tão abominado “jeitinho” brasileiro, marca por muitos anos dos nossos políticos, agora é usado pela Justissa em sua cruzada moralista contra a esquerda. Mostra, pois, que qualquer crítica a este nosso traço cultural é apenas preconceito. Desde o primeiro grau, até Carmem Lúcia, a prisão de Lula foi concertada unicamente a partir do princípio do “eu posso, eu faço”. Desde a falta de provas, apresentações espalhafatosas para a mídia, vazamentos ilegais até a decisão vergonhosa dos três desembargadores de Porto Alegre, havia ainda, internacionalmente, um fio de respeito pelas instituições brasileiras. Diversos jornais e analistas estrangeiros se postavam com cuidado para falar do tema. Era sim, o processo brasileiro, eivado de irregularidades e claramente político, mas era custoso ao mundo ocidental olhar para o Brasil e ver a história da Europa recontada. Tudo na lava a jato é semelhante às perseguições dos tribunais nazistas e fascistas. O Velho Mundo não estava preparado para aceitar que o fascismo estava de volta, e pelas mãos dos (supostamente) mais “educados” e “cultos”.

Ricardo Miranda: Miss Lebbos numa sinuca de bico

Por Ricardo Miranda - no site Os Divergentes - abril 23, 2018

.
“O velho mundo agoniza, um novo mundo tarda a nascer, e, nesse claro-escuro, irrompem os monstros”.
Aforismo do filósofo Antonio Gramsci, lembrado pelo ativista Noam Chomsky, em vídeo de apoio a Lula

Responsável pelas decisões sobre a custódia do ex-presidente Lula, a juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, vem transformando o cárcere político do ex-presidente Lula numa verdadeira solitária. Observação: você não precisa concordar que seja um cárcere político, quem diz isso sou eu. Partindo do princípio da isonomia com outros investigados da Lava Jato – coisa que Lula nunca teve, em momento algum do processo que o levou à prisão -, admitamos que a discípula de Sérgio Mouro tenha o direito de não permitir uma procissão diária à cela de 15 metros quadrados reservada ao ex-presidente. Também não é possível, por outro lado, que não use de um pouco mais de bom senso diante de algumas pessoas que desejam legitimamente visitar Lula – e ver as condições em que se encontra.

Marco Aurélio: “Eu cumpri o meu dever . Quando será julgado, ela definirá, ela dará as cartas”

Resultado de imagem para ministro Marco Aurélio Mello ministro Marco Aurélio Mello ministro Marco Aurélio Mello
.
23/04/2018
O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta segunda-feira (23) ao Broadcast Político que comunicou a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, que estão prontos para julgamento os dois pedidos de medida cautelar do PEN e do PC do B, que querem barrar a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância.
“Eu cumpri o meu dever (de comunicar a presidente do STF). Quando será julgado, ela (Cármen) definirá, ela dará as cartas”, disse Marco Aurélio à reportagem.