quarta-feira, 4 de julho de 2018

DEPOIS DE ATACAR TOFFOLI, DALLAGNOL CRITICA DECISÕES DE GILMAR

.
"Há algumas semanas, o Min. Gilmar Mendes tomou duas decisões bem diferentes com relação a esse tipo de caso: admitiu o HC 'canguru' em favor de réus da Lava Jato, acusados de crimes milionários, mas negou para Valdemiro, cego, HIV positivo e acusado de roubar R$ 140", postou o procurador da Lava Jato no Twitter

Paraná 247 - O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, fez na noite desta terça-feira 3, pelo Twitter, uma nova crítica a decisões tomadas por ministros do Supremo Tribunal Federal.

"Há algumas semanas, o Min. Gilmar Mendes tomou duas decisões bem diferentes com relação a esse tipo de caso: admitiu o HC 'canguru' em favor de réus da Lava Jato, acusados de crimes milionários, mas negou para Valdemiro, cego, HIV positivo e acusado de roubar R$ 140", postou Dallagnol.
Nesta segunda, ele criticou o ministro Dias Toffoli por cassar uma decisão do juiz Sergio Moro que ordenava o uso de tornozeleira eletrônica pelo ex-ministro José Dirceu. Ele ainda provocou o ministro, ao dizer que Dirceu é seu "ex-chefe".
Para Toffoli, Moro afrontou decisão do Supremo - que havia liberado Dirceu em julgamento realizado na Segunda Turma - e não caberia contra ele medidas cautelares, como entendeu o juiz de Curitiba.
Postar um comentário