sábado, 5 de maio de 2018

Paris: Dezenas de milhares manifestam-se contra Macron

Segundo La France Insoumise, manifestaram-se 160 mil pessoas em Paris para “festejar Macron” o “Presidente dos ricos”, um ano depois do atual presidente francês ter sido eleito. Realizaram-se manifestações semelhantes noutras cidades de França.

esquerda.net - 05/05/2018

Dezenas de milhares de pessoas manifestaram-se em Paris para ironicamente “Festejar Macron” - Foto La France Insoumise
Dezenas de milhares de pessoas manifestaram-se em Paris para ironicamente “Festejar Macron” - Foto La France Insoumise
A iniciativa foi convocada por François Ruffin, deputado da France Insoumise (LFI), e por Frédéric Lordon, economista, investigador em filosofia e professor universitário. Para além de Paris, houve manifestações noutras cidades como Toulouse, Bordéus, Lyon, Estrasburgo et Rennes.
Segundo o Le Monde, a marcha em Paris integrava três carros alegóricos, pretendendo ilustrar diferentes facetas de Emmanuel Macron: o carro Jupiter, o carro Drácula e o carro Napoleão. Um quarto carro da “Resistência” apresentava as reivindicações populares.

Em declarações à comunicação social, o deputado François Ruffin afirmou: “quisemos um encontro festivo e de convívio, que juntasse o máximo de pessoas”, sublinhando que queriam destacar quem não tem o direito à palavra, esperando que esses sejam os “heróis” da jornada. Jean-Luc Mélenchon declarou: “Estamos aqui para dar força aos ferroviários, aos trabalhadores da saúde, aos trabalhadores de todos os setores”.
Na véspera do cortejo “Festejar Macron”, sindicatos, forças políticas e associações anunciaram uma data próxima de ação comum e conjunta para protestar contra as políticas de Macron: 26 de maio. Este anúncio teve um forte impacto nas pessoas que se manifestaram neste sábado.
Nesta sexta-feira, 4 de maio, foi divulgada uma sondagem que aponta que 57% dos franceses estão insatisfeitos com a política de Macron.

Postar um comentário