terça-feira, 1 de agosto de 2017

Um país nocauteado

POR  · 01/08/2017


idio
.
O Brasil que vai assistir ao espetáculo deprimente – mais um – de amanhã na Câmara dos Deputados é bem diferente daquele que viu, há pouco mais de um ano, a derrubada de um governo constitucional.
Havia, ali, ao menos, uma farsa e um cinismo a sustentar: o arroubo moralista, que uns rapazes de Curitiba, inflados por uma mídia criminosa, transformara em “salvação nacional”, ainda que pouca atenção se prestasse no fato de que o “salvador”, o homem que ia unir o país, revela-se um quadrilheiro, à frente do bando Moreira-Jucá-Geddel-Padilha, ajudado por um escroque como Eduardo Cunha, com quem posavam, sorridentes, os Kataguiri, os Paulinho, os tucanos.
Postar um comentário