sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Mark Zuckerberg possível futuro presidente dos Estados Unidos

  
.
O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg (33 anos), poderia tornar-se Vice-presidente, depois Presidente dos Estados Unidos em caso de destituição (“impeachment”-ndT) do Presidente Donald Trump.
Zuckerberg já empregou várias vezes David Plouffe (conselheiro de campanha de Barack Obama em 2008) e Ken Mehlman (conselheiro de campanha de George Bush Jr. em 2004).
Actualmente ele emprega Amy Dudley (ex-conselheira do Senador Tim Kaine), Ben LaBolt (antigo conselheiro de Barack Obama) e Joel Benenson (antigo conselheiro de campanha de Hillary Clinton em 2016).
Mark Zuckerberg não tem qualquer competência em política, mas dispõe de uma grande popularidade entre os jovens Norte-americanos. Ele segue cursos para reproduzir o estilo de Barack Obama e pronunciou, a 25 de Maio passado, um discurso na Universidade de Harvard à maneira do antigo Presidente.
A aliança actual entre os partidos Republicano e Democrata torna possível a destituição do Presidente Trump. O Vice-presidente, Mike Pence, viria então a ser Presidente e deveria designar, ele próprio, o seu vice-presidente antes de ser, por sua vez, destituído pela aliança Republicanos / Democratas. Mark Zuckerberg seria então presidente dos Estados Unidos da América.
Em 2020, o esquema habitual da oposição Republicanos / Democratas seria restaurado. O Partido Democrata poderia então apresentar Deval Patrick, antigo Governador do Massachusetts.
Tradução
Alva
Postar um comentário