segunda-feira, 7 de agosto de 2017

FILHO DE DIRETOR DA RBS QUE ESTUPROU ADOLESCENTE EM 2010 ATROPELA TRÊS PESSOAS EM FLORIANÓPOLIS

.
Filho de diretor da RBS atropela três pessoas e foge, após uma festa em Jurerê, na parte norte da ilha de Florianópolis; em 2010, o mesmo jovem e mais dois amigos estupraram uma garota de 13 anos; o caso foi abafado na mídia e o blogueiro que denunciou a hstória foi achado morto um ano depois

247 - O motorista que conduzia o Audi A3 responsável por causar um atropelamento em Jurerê, zona norte da capital catarinense, foi identificado como Sérgio Orlandini Sirotsky, filho de Sérgio Sirotsky, diretor da RBS, afiliada da Rede Globo no sul do Brasil.

Segundo o boletim de ocorrência (BO) registrado na Polícia Civil, na primeira colisão, o condutor de Audi, com placas de Florianópolis, atropelou três homens: Sérgio Teixeira da Luz, Rafael Machado da Cruz e Edson Mendonça de Oliveira. O carro foi abandonado na rodovia estadual SC-401.
De acordo com o advogado de Sérgio, "o rapaz estava muito abalado e não forneceu detalhes sobre o acidente". Como o prazo do flagrante foi ultrapassado, a prisão de Sérgio está descartada. Agora, somente um juiz pode pedir a prisão do filho do diretor da RBS.
Em 2010, Sérgio e mais dois amigos estupraram uma garota de 13 anos, num caso abafado na mídia. A história foi contada na coluna. de Elio Gaspari, na Folha. O blogueiro que denunciou a armação para blindar o rapaz, foi encontrado morto cerca de um ano depois do estupro da jovem.
Postar um comentário