sexta-feira, 21 de julho de 2017

Deixa de “frescura” com o Lula, PSOL! E vê se acorda. Por Eduardo Guimarães

LULA PSOL CAPA NOVO
.
Por Eduardo Guimarães - no Blog da Cidadania - 21/07/17
Recentemente, o Blog elogiou decisão do PSOL de emitir nota oficial criticando duramente a decisão do juiz Sergio Moro de condenar Lula a quase dez anos de prisão tomando como base acusações sem provas de delatores da Lava Jato que, se não acusassem o ex-presidente, terminariam seus dias na cadeia.
Aliás, não foi a primeira vez, de um ano para cá, que o PSOL tomou a decisão correta sobre a eterna guerra da direita brasileira contra Lula e o PT. Em 2016, votou contra o impeachment de Dilma, tendo na atuação do deputado Jean Wyllys o ponto alto da votação psolista contra o golpe.


Jean, vale dizer, sempre esteve do lado certo, mesmo sendo filiado a um partido que, desde a sua fundação, atuou como linha auxiliar da  direita golpista e da mídia na guerra insana que desde 2005 movem contra o PT e contra Lula.
Porém, Jean é uma voz isolada no PSOL, que embarcou em todas as campanhas sórdidas da direita contra o PT, contra Lula e contra Dilma, sem dizer que foi essencial nas manifestações de junho de 2013, que ressuscitaram a extrema esquerda brasileira e deram o start no golpe parlamentar três anos depois.
Pouco antes de Dilma assumir o segundo mandato, o PSOL encabeçou um manifesto doidão de intelectuaisinsinuando que ela pretendia cometer “estelionato eleitoral” porque havia nomeado Katia Abreu para o ministério da Agricultura – e só por isso.
Como todos sabemos, Katia assumiu, jamais tomou uma única medida que pudesse ser questionada e foi fiel à ex-presidente até o impeachment, quando votou contra. Como diria  Shakespeare, foi muito barulho por nada.
Mas não foi só. Não foram poucas as vezes que o PSOL  atacou Lula, Dilma e o PT virulentamente.
Em 2016, por exemplo, o candidato do PSOL a prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Freixo, não quis Lula em seu palanque.

freixo 2016
Perdeu a eleição. Rejeitou o maior eleitorado de esquerda do Rio e perdeu. Poderia ter sido eleito.
Também em 2016, a candidata a presidente da República  pelo PSOL em 2014, Luciana Genro, afirmou, sem mais nem menos, que “Lula se tornou agenciador de empreiteiras corruptas”.
luciana viomundo
A mesma Luciana Genro, mais recentemente, vem fazendo apologia aos abusos da Lava Jato, flertando com o eleitorado de extrema direita que cultua Sergio Moro.
luciana dcm
A parcela eternamente antipetista do PSOL, que não é pequena, parece ter se revoltado com aquilo que disse Lula sobre o comportamento do PSOL durante entrevista  concedida na última quinta-feira ao jornalista  José Trajano. Respondendo a uma pergunta do jornalista  sobre as relações conflituosas entre seu partido e o PSOL, o ex-presidente fez críticas ao comportamento psolista acima descrito.
Algumas pessoas bem-intencionadas, preocupadas com a divisão da esquerda em um momento em que esta precisa se unir, chegaram a sugerir que Lula pedisse “desculpas” ao PSOL.
Na opinião desta página, não é justo. E, provavelmente, essas pessoas não viram ou não prestaram atenção ao que disse Lula e por que ele disse – foi em resposta à pergunta de Trajano sobre a relação eternamente conflituosa entre PT e PSOL.
Assistamos novamente à fala  de Lula e, depois, um último comentário.
VIDEO
O último comentário sobre o PSOL é o seguinte: ao ficar contra o impeachment e ao criticar a prisão injusta de Lula, o partido não fez nenhuma caridade ao PT ou ao ex-presidente. Entrou em campo seu instinto de preservação.
A extrema-direita, representada por Jair Bolsonaro e pelo nazista que governa a capital paulista tem, sim, alguma chance de chegar ao poder. E o PSOL sabe muito bem que se um desses dementes se eleger não irá se limitar a caçar o  PT.
Recentemente, Luciana Genro foi citada por delator da Odebrecht. A empresa lhe financia uma ONG. Luciana disse que não é nada demais, que é tudo por idealismo da Odebrecht, etc., etc. Contudo, o PSOL está vendo como derrubaram Dilma e querem encarcerar Lula pelo resto da vida distorcendo fatos. Luciana e outros psolistas podem ser vítimas da mesma artimanha.
Tomara que não fiquem com frescura por causa da  entrevista de  Lula e se lembrem disso. Particularmente, esta página acredita que irão se lembrar porque, por radicais que sejam, não são idiotas a ponto de continuarem colaborando para fortalecer a extrema-direita, como vinham fazendo desde 2013.

Postar um comentário