sexta-feira, 16 de junho de 2017

Joesley, na Época, chama Temer de chefe da organização criminosa do PMDB

POR  · 16/06/2017


chefedaquad
.
É explosiva a entrevista de Joesley Batista à Época.
Vou reproduzi-la, mas destaco, antes, alguns trechos:
 [Michel Temer]Não é um cara cerimonioso com dinheiro.
Ele dizia: ‘Joesley, essa parte financeira toca com o Eduardo e se acerta com o Eduardo [Cunha]’.
O mais relevante foi quando Eduardo tomou a Câmara. Aí virou CPI para cá, achaque para lá. Tinha de tudo. Eduardo sempre deixava claro que o fortalecimento dele era o fortalecimento do grupo da Câmara e do próprio Michel.
O Temer é o chefe da Orcrim da Câmara. Temer, Eduardo, Geddel, Henrique, Padilha e Moreira. É o grupo deles. Quem não está preso está hoje no Planalto. Essa turma é muita perigosa. Não pode brigar com eles. Nunca tive coragem de brigar com eles. Por outro lado, se você baixar a guarda, eles não têm limites.
A entrevista de Joesley fixa um ponto principal: Temer era o chefe e Eduardo Cunha seu agente.
Leia a entrevista, o retrato de um bandido desenhado por outro bandido:
Postar um comentário