quinta-feira, 4 de maio de 2017

Em reunião com centrais, Renan afirma que reformas são "desmonte"


Agência Senado
  
Renan parabenizou as centrais pela greve geral da última sexta-feira (28) e classificou a reforma trabalhista como um “desmonte” e defendeu que a tramitação não poderia acontecer “no calendário que essa gente quer”. Ele se colocou à disposição para encaminhar propostas consensuais de alteração do texto, sobretudo da reforma trabalhista, que agora tramita no Senado.

"A reforma trabalhista revoga a consolidação dos direitos trabalhistas e a reforma da Previdência é contra os trabalhadores e as regiões mais pobres. Me coloco à disposição para que possamos encaminhar propostas consensuais. Devemos conversar, não podemos permitir que esse desmonte se faça no calendário que essa gente quer", disse Renan.


O senador rebateu as criticas dos apoiadores do governo e disse que "as pessoas se julgam no direito de dizer o que um senador pode ou não pode defender e se é coerente ou não com sua trajetória no parlamento". Renan também destacou a importância da mobilização para derrotar a proposta do governo no Senado.

"Só resistiremos se houver mobilização social e contamos com o papel de vocês", afirmou. 


Do Portal Vermelho, com informações de agências
Postar um comentário