terça-feira, 18 de abril de 2017

O relatório da CIA sobre o incidente de Khan Shaikhun é uma falsificação grosseira

  


Num relatório difundido a 13 de Abril de 2017, o Professor Theodore Postol, perito do Massachusetts Institute of Technology (MIT), observa que o relatório das agências de Inteligência divulgado pela Casa Branca comporta erros grosseiros.
Por exemplo:

Segundo a CIA, o incidente químico de Khan Shaikhun seria uma dispersão de gás sarin. Ora, as fotografias divulgadas pela fonte exclusiva da CIA, os Capacetes Brancos, mostram pessoas recolhendo resíduos numa cratera criada por uma bomba síria. Mas a contaminação de gás sarin não ocorre através de inalação. Este gás passa através da pele. Leva várias semanas a degradar-se pelo contacto com o ar e a luz. Se a foto é autêntica, tal como a CIA reclama, não pode tratar-se de gás sarin, porque as pessoas recolhendo as amostras e os espectadores assistindo ficariam de imediato gravemente contaminados.

* *

Khan Shaikhun é uma localidade situada na província de Idlib, ocupada por diversos grupos jiadistas e administrada de facto pela OTAN. A única fonte sobre o incidente químico de 4 de Abril de 2017, são os Capacetes Brancos, uma organização composta por membros da Alcaida e enquadrada por agentes do MI6 britânico, sob o comando de James Le Mesurier.
A 21 de Agosto de 2013, um incidente químico havia provocado entre 322 a 1.729 mortes na Guta de Damasco. À época, os Ocidentais haviam responsabilizado a República Árabe Síria por isso. No entanto, quatro meses depois, um deputado turco do CHP, Eren Erdem, tornava públicos documentos atestando que o gás usado provinha da Turquia e fora encaminhado para Damasco sob o comando de Ilhami Bali (actual líder do Daesh na Turquia) com a cumplicidade das autoridades turcas. Acusado de alta-traição pelo Primeiro-ministro à época, Recep Tayyip Erdoğan, por ter revelado estes documentos (e não porque tivesse falsificado os factos), Eren Erdem viu a sua imunidade parlamentar levantada. Foi preso e condenado a 350 dias de prisão.
About the Nerve Agent Attack in Khan Shaykhun («Acerca do Ataque com Agente de Nervos em Khan Shaikhun, Síria- Abril de 2017»- ndT) (April13,2017)
Tradução
Alva
Postar um comentário