domingo, 19 de março de 2017

PL que autoriza abate de animais silvestres abre brecha para legalização do porte de armas

AMEAÇA
Ambientalistas alertam que, se aprovado, o projeto vai acelerar a extinção de animais, colocar em risco a biodiversidade e tornar comum crimes ambientais, que hoje são inafiançáveis

Resultado de imagem para amazonas animais
PL de Covatti permite criação de reservas para a caça esportiva, em que serão abatidos animais indefesos
por Redação RBA publicado 19/03/2017

 Proibida no Brasil, a caça de animais silvestres só é permitida em casos muito especiais, quando há risco de desequilíbrio ecológico. É o que aconteceu em 2013, quando o Ibama autorizou a caça ao javali europeu, considerado praga por não ter predadores naturais.
No entanto, tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei (PL) 6268/16, do deputado Valdir Colatto (PMDB-SC), da base ruralista, que prevê a regulamentação de manejo, controle e exercício de caça de animais silvestres

De acordo com ambientalistas, isso significa dizer na prática que o PL quer autorizar o abate de animais silvestres quando ameaçarem a saúde pública e as atividades agropecuárias – o que na verdade é uma desculpa para liberar a caça e até autorizar a criação de reservas para a caça esportiva. Ou seja, permitir espaços em que as pessoas poderão "se divertir" atirando em animais indefesos.
Eles não têm dúvidas da extinção, em pouco tempo, de diversas espécies, o que põe em risco a biodiversidade.
Além disso, com o PL os crimes ambientais deixarão de ser inafiançáveis e com punição mais branda. Sem contar que abre caminho para a liberação do porte de armas. 
Assista reportagem da TVT sobre o tema:



r
Postar um comentário