sábado, 25 de março de 2017

Marcos Coimbra: Quem vota em Lula

Análise

por Marcos Coimbra —na Carta Capital -  publicado 23/03/2017
A aprovação do ex-presidente é recorte perfeito da sociedade brasileira. Ilude-se quem crê que só pobres e ignorantes o elegeriam
Ricardo Stuckert / Instituto Lula
Lula
O voto em Lula não é um recorte exato da sociedade brasileira
Tudo mundo anda falando no tamanho das intenções de voto em Lula nas próximas eleições e em quanto elas vêm crescendo. Uns ficam tristes, outros alegres, mas todos sabem que é isso que as pesquisas mostram. 
Existem, no entanto, muitos equívocos a respeito do voto no ex-presidente. Vêm, de um lado, da informação distorcida que a mídia corporativa dissemina, por não conseguir, ela própria, entendê-lo ou não querer explicá-lo. De outro, derivam da recusa ideológica de parte da opinião pública em aceitá-lo, fruto de seus preconceitos e estereótipos.

Os mais comuns provêm de generalizações precipitadas e erradas. É fato, por exemplo, que Lula tem mais intenções de voto entre eleitores pobres, assim como que sua liderança nas pesquisas é especialmente elevada no Nordeste. Daí, contudo, não decorre que seu voto seja “coisa de pobre e de nordestino”, como se apressam a proclamar os mais toscos.   
Postar um comentário