sexta-feira, 3 de março de 2017

Caixa 2 para Aécio só tem “relevância histórica”, diz Ministro do TSE

POR  · 02/03/2017


historica
.
O Brasil é uma comédia.
Está na Folha:
O ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedito Júnior, o BJ, disse em depoimento ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta quinta-feira (2) que a empreiteira baiana doou R$ 9 milhões em caixa dois para campanhas eleitorais após pedido de Aécio Neves, em 2014, quando o tucano concorreu à Presidência da República.
O depoimento foi dado no processo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que investiga irregularidades da chapa eleita naquele pleito, com Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB).
Segundo a reportagem, a  Odebrecht repassou R$ 6 milhões para serem divididos pelas campanhas de Pimenta da Veiga, Antonio Anastasia e Dimas Fabiano Toledo Júnior (filho de quem Alberto Youssef e Delcidio do Amaral disseram ser o “mada de Aécio em Furnas). E outros R$ 3 milhões foram para o publicitário Paulo Vasconcelos, responsável pela campanha presidencial de Aécio Neves.
Postar um comentário