quarta-feira, 22 de março de 2017

Brasil aprendeu com autoridades sanitárias russas como manter venda de carne para o país

Mercado de carnes na Rússia
.
Sputnik News Brasil - 23/03/2017

Embora historicamente a Rússia sempre tenha sido um grande importador da carne produzida no Brasil – bovina, suína e de aves – o relacionamento comercial entre os dois países no que diz respeito a estes itens sempre foi marcado por altos e baixos. Mas o Brasil parece ter aprendido com os russos.

Uma das maiores questões que opuseram Brasil e Rússia no mercado de carnes foi a utilização por pecuaristas da substância ractopamina.  Segundo os criadores, a ractopamina é utilizada para engorda do gado e não é nociva para os seres humanos. No entanto, logo numa de suas primeiras inspeções a frigoríficos brasileiros e às fazendas de criação de gado em 2011, o veterinário Sergey Dankvert, responsável pelo Rosselkhoznadzor, Serviço de Controle Veterinário e Fitossanitário da Rússia, advertia que aquela substância não é admitida na Rússia, por ser considerada cancerígena.
Postar um comentário