terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

EUA suspendem ajuda militar para oposição síria?


21/2/2017, South Front (matéria da Reuters)

cdn.mg.co
.
ORIENTE mídia - 21/02/2017

Os EUA suspenderam um programa de assistência militar para a oposição síria no noroeste da República Árabe, que era coordenado pela Central Intelligence Agency (CIA) – a agência Reuters noticiou, citando fontes de dentro da oposição síria.

O programa foi congelado depois de um ataque por extremistas que ocorreu em janeiro, e será restabelecido depois que a oposição se reorganizar – disseram as mesmas fontes.


Fonte oficial dos EUA disse à agência Reuters que a suspensão da ajuda à oposição síria nada tem a ver com a troca de governo nos EUA e com o início do governo do presidente Donald Trump. A fonte confirmou que a razão da suspensão foi o ataque por extremistas.O ministro da Defesa da Rússia Sergei Shoigu insiste contudo que a oposição armada e as formações de mercenários que operam dentro da Síria continuam a receber armas e munições de outros países.

“Basta considerar, por exemplo, que a guerra prossegue ininterrupta na Síria por já quase seis anos. Durante todo esse tempo, grupos da oposição armada e formações de mercenários jamais deixaram de receber do exterior munição, armamento e outros recursos físicos, indispensáveis para manter operações de combate ativo” – disse o general Shoigu na 3ª-feira, na sua fala de abertura do 2º Fórum da Juventude de Todas as Rússias “Cooperação político-militar e econômico-militar: tendências atuais”, no Instituto de Relações Internacionais em Moscou.

Shoigu disse que, segundo estimativas do Ministério de Defesa da Rússia, só nos conflitos armados na Síria, Iraque, Iêmen e Líbia, grupos ilegalmente armados receberam cerca de 2.450 sistemas portáteis de defesa antiaérea de curto alcance; 1.750 armas teleguiadas antitanques; cerca de 650 sistemas de artilharia de foguetes múltiplos; mais de 24 mil minas de vários tipos; e mais de 600 toneladas de explosivos.*****
Postar um comentário