quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

DW: Escândalos de corrupção podem mudar rumos da eleição francesa

Conservador François Fillon e líder populista de direita Marine Le Pen são acusados de desvio de recursos. Pesquisa aponta mudança nas intenções de voto para candidatos ao Palácio do Eliseu.

Candidato conservador François Fillon e a mulher Penelope, acusada de ter recebido salário por trabalho-fantasma na Assembleia Nacional francesa
Candidato conservador François Fillon e a mulher Penelope, acusada de ter recebido salário por trabalho-fantasma
DW - 01/02/2017

Escândalos de corrupção envolvendo os dois principais candidatos à presidência da França, Marine Le Pen e François Fillon, podem mudar os rumos das eleições presidenciais marcadas para abril e maio deste ano.
Uma pesquisa de intenção de voto divulgada nesta quarta-feira (01/02) aponta que Fillon, candidato pelo partido Os Republicanos e que aparecia como o favorito ao Palácio do Eliseu na semana passada, não conseguiria chegar ao segundo turno.
A sondagem, do Instituto Elabe para o jornal Les Echos, indica um leve aumento de apoio a Le Pen, candidata da Frente Nacional, mas aponta o candidato independente Emmanuel Macron, de centro-esquerda, como o possível ganhador das eleições presidenciais francesas.
Postar um comentário