segunda-feira, 5 de junho de 2017

50 anos de ocupação: A Guerra dos Seis Dias de Israel foi baseada em uma mentira

.
MEHDI HASAN - The Intercept Brasil - 05/06/2017

50 ANOS ATRÁS, entre 5 e 10 de junho de 1967, Israel invadiu e ocupou Jerusalém Oriental, a Cisjordânia, a Faixa de Gaza e as Colinas de Golã. A Guerra dos Seis Dias, como ela ficaria conhecida depois, viu o “Davi” israelense impor uma humilhante derrota ao “Golias” árabe – talvez personificado no presidente egípcio Gamal Abdel Nasser.
“A existência do estado israelense estava por um fio”, afirmou o primeiro-ministro do país, Levi Eshkol, dois dias após o fim da guerra, “mas as esperanças dos líderes árabes de aniquilar Israel foram destruídas”. O argumento israelense é que um genocídio, um segundo Holocausto havia sido evitado.
Postar um comentário