quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

State Grid adquire quota de energética brasileira CPFL Energia

Fonte: Diário do Povo Online 25.01.2017

A China State Grid Corporation anunciou na terça-feira que se tornou detentora de uma parte da energética brasileira CPFL Energia SA, a maior distribuidora de energia do país.
A State Grid, a maior empresa do género do mundo, concluiu o negócio para a aquisição de 54.64% da CPFL, 5 meses após a assinatura do acordo para tal.
Os dados apontam para que o valor do negócio tenha sido avaliado em 4.49 bilhões de dólares, materializando a maior aquisição da State Grid em investimentos fora da China.

Um analista disse que o negócio incrementaria a presença da empresa no Brasil.
De acordo com Joseph Jacobelli, analista para questões utilitárias e infraestruturais na Ásia da Bloomberg, referiu que a quanto mais negócios a empresa se expuser no Brasil, maiores serão as sinergias deles resultantes.
Jacobelli mencionou também que sempre que a empresa adquire quotas em empresas públicas, lhe é conferido um maior nível de transparência no mercado, colocando também, indiretamente, pressão na gestão da empresa derivado da exposição pública acrescida.
De acordo com a State Grid, o acordo irá expandir os seus negócios para transmissão e distribuição energética, novas energias e vendas de eletricidade.
A aquisição assinalará o envio de tecnologias de geração energética, assim como a experiência em práticas de gestão ao Brasil, avançou a State Grid.
A State Grid, que tem a seu cargo a maioria da rede de distribuição de eletricidade da China, já havia anteriormente estado envolvida em projetos de transmissão de eletricidade de ultra-alta tensão no Brasil.
A empresa chinesa venceu o concurso para um contrato de construção de uma rede energética de 2,500km no Brasil, que conectará a terceira maior barragem hidrelétrica do mundo com o maior mercado do país em 2015, após ter também vencido, um ano antes, um contrato para uma outra secção da linha de transmissão de Belo Monte.
De acordo com Li Lequan, vice-diretor da State Grid International Development Co Ltd, uma das subsidiárias da State Grid responsável pelas operações globais, a primeira fase do projeto de ultra-alta tensão em Belo Monte deverá iniciar operações comerciais em fevereiro de 2018.
(Web editor: 张睿, editor)
Postar um comentário