A jovens, Lula defende que a política "volte à periferia por meio de quem sabe como ela é"


Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou de uma reunião com representantes de entidades e coletivos de juventude nesta terça-feira (15), na sede de seu Instituto. Por cerca de cinco horas, Lula dialogou sobre a atual conjuntura e a participação dos jovens, sobretudo da periferia, na política. Estiveram presentes estudantes da UNE e da UBES, da secretaria de juventude da CUT, do MST, do movimento negro e de coletivos de produção cultural, bem como ativistas contrários à redução da maioridade penal para 16 anos.



Os jovens expuseram a Lula seu sentimento em relação à ausência de espaços para que eles tenham papel decisivo nas ações dos governos municipal, estadual e federal, e relataram suas experiências como militantes nas universidades e periferias, onde os partidos já não são tão presentes como nas décadas passadas. O ex-presidente defendeu mais juventude no PT. "O PT precisa de renovação", afirmou Lula.

Postagens mais visitadas deste blog

Vaza Jato: “Revelação de Reinaldo Azevedo é gravíssima”, diz ex-jornalista do Grupo Globo

USA -China: a guerra está próxima? Por Mário Maestri

Jeferson Miola: A manipulação da Cármen Lúcia

Nassif: A operação PF-Intercept e cenas do puteiro Brasil

Batalha institucional e da informação. O que vai acontecer com a Vaza Jato?

Nassif: Diálogos mostram que Teori era o último empecilho à Lava Jato

Comitês Lula Livre divulgam conversas de Moro e Dallagnol à população

A farsa das elites e a encruzilhada da nação